quinta-feira, 25 de abril de 2013

Ex-pagodeiro Waguinho tem prisão decretada por não pagar pensão


O ex-pagodeiro e atual pastor Waguinho teve a prisão decretada por não pegar pensão alimentícia à filha, Stephanie, do relacionamento com a modelo Solange Gomes. A decisão é da juíza Daniela Brandão Ferreira, da 11ª Vara de Família do Rio de Janeiro.
Procurada pelo UOL, a advogada de Solange, Rosana Aparecida de Oliveira Miranda Nogueira, contou que Waguinho nunca pagou pensão ao longo dos 13 anos de Stephanie. "Ele só faz o pagamento da escola da filha e isso de alguns anos para cá. A Solange na verdade só recorreu à Justiça quando teve necessidade", explicou Solange.
Indagada sobre valores, Rosana afirmou não poder revelar, uma vez que o processo corre em segredo de Justiça. "A prisão foi decretada no último dia 18, mas acredito que ele irá se apresentar", opinou. A prisão refere-se aos valores devidos desde abril de 2012, quando o processo foi reaberto.
Em 2004 Waguinho chegou a passar cinco dias na prisão pelo mesmo problema envolvendo a pensão da filha. Ele foi solto após pagar R$ 15 mil.
Ao UOL, a assessora de Waguinho contou que o pastor tem uma renda mensal de R$ 10 mil que é divida entre os cinco filhos. "Ele não tem condições de pagar oito salários mínimos a Stephanie", informou a assessora. "O máximo que pode acontecer é o Waguinho ser preso e evangelizar os detentos", frisou.
A assessora fez questão de frisar que a relação do ex-pagodeiro com a filha é "maravilhosa" e que recentemente a adolescente esteve junto ao pai em uma festa de família.
Waguinho e Solange se conheceram quando a modelo fazia parte do quadro "Banheira do Gugu" exibido pelo "Domingo Legal".
UOL

0 comentários:

Postar um comentário