sexta-feira, 22 de março de 2013

Hudson tem prisão preventiva decretada


O cantor Hudson, que faz dupla com Edson, teve a prisão preventiva decretada nesta sexta-feira, em Limeira, no interior de São Paulo. Apesar de ter a liberdade provisória concedida na última quinta-feira, uma ordem judicial o manteve detido, desta vez, por tempo indeterminado e sem a possibilidade de pagamento de fiança. Ele foi detido depois que a polícia achou armas e drogas na casa do cantor. 

Hudson será transferido para o CDP (Centro de Detenção Provisória) de Piracicaba, também no interior do Estado. A prisão preventiva foi decretada pelo juiz Luiz Augusto Barrichello Neto, da 2ª Vara Criminal. 

Ele rejeitou a primeira fiança paga pelo cantor devido ao segundo delito registrado no mesmo dia. Barrichello é o responsável pela análise da primeira prisão de Hudson por porte ilegal de armas.

O caso 

sertanejo foi detido pela primeira vez na manhã no dia 21 de março, mas foi liberado após pagar fiança de R$ 6 mil. Policiais encontraram com o cantor um revólver calibre 38 e duas facas. O músico seguia para a casa da ex-mulher, mãe de sua filha, em Limeira, no interior de São Paulo, e também portava um soco inglês. 

Na segunda vez, uma denuncia anônima levou a polícia à casa do cantor com um mandado de busca e apreensão. Lá, as autoridades encontraram armas de uso restrito do exército e uma pequena quantidade de maconha.

eBand 

0 comentários:

Postar um comentário