terça-feira, 14 de maio de 2013

'Não convidei, nem desconvidei', diz Viviane Senna sobre Galisteu


A Unidos da Tijuca lançou nesta terça-feira, 14, o enredo do seu carnaval de 2014. O tema "Acelera, Tijuca" vai contar a vida de Ayrton Senna na Avenida. Participaram do evento, Viviane Senna, irmã do piloto, o presidente da escola, Fernando Horta, e o carnavalesco, Paulo Barros.
O trio contou que a decisão pelo enredo foi fechada há dez dias e que, nesta terça-feira, era o primeiro encontro deles para definir algumas diretrizes. "Ainda não sei bem como vou desenvolver o enredo, mas quando penso em Ayrton, penso em arrepio, emoção, velocidade. Acho que as pessoas vão querer ver a figura dele através dessa sensação na Avenida. O resto é segredo", disse Paulo Barros.
Durante a coletiva de imprensa, que aconteceu na Cidade do Samba, no Rio, o carnavalesco foi questionado se já tinha em mente os possíveis convidados da escola para homenagear o piloto. "Ainda não tenho idéia, mas, possivelmente, vou convidar algumas pessoas, sim"; disse sem dar mais detalhes.
Já Vivianne Senna foi questionada se teria feito algum tipo de veto sobre a presença deAdriane Galisteu no enredo que vai contar a vida de seu irmão. "Não convidei nem desconvidei ninguém. Não entendo nada de carnaval. Quem tem pode decidir sobre isso sobre isso são eles, o presidente e o carnavalesco", disse.
O presidente Fertnando Horta interviu e disse que esse assunto era com ele. "Isso aí surgiu porque a Adriane foi rainha de bateria aqui na escola. Adoro ela, mas ela não participa mais por causa de seus compromissos profissionais. Se ela quiser desfilar, será bem vinda, até porque a Tijuca não valoriza somente o artista. Valoriza todos os seus componentes", disse.
Já Paulo Barros, que vai desenvolver o enredo, deu a entender que não pretende incluir a loira: "Acho desnecessário esse tipo de comentário. Ela é querida na escola, mas acho que isso é desnecessário", esquivou-se.

2 comentários:

  1. A Adriane faz parte da história e pronto! Qualquer corrente contrária faria da homenegem da escola de samba uma mentira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza! Não tem como tirar essa parte da história dele, até pq a verdadeira viúva do Senna é a Adriane!

      Excluir