terça-feira, 4 de setembro de 2012

Paula Fernandes entra com ação contra empresa de Leonardo


Paula Fernandes entrou na justiça contra a agência Talismã, empresa que gerencia sua carreira desde 2008, cujo sócio é Leonardo . Durante a gestão da equipe do sertanejo, Paula conseguiu bater a marca de 1, 5 milhões  de CDs vendidos em 2011. A decisão liminar - que ainda pode ser revertida – serve para a cantora conseguir contratar seus shows após o cumprimento do contrato. “A Paula não vai romper o contrato com a Talismã. Ele vence no dia 11 de novembro deste ano, então ela já comunicou que não pretende renovar”, explicou o advogado da cantora, Dr. , José de Araujo Novaes Neto ao iG.
Segundo o representante legal de Paula Fernandes, a medida tem o objetivo de fazer com que a empresa da cantora, Bicho do Mato, consiga contratar shows para depois do término do contrato vigente e também escolher as campanhas para as quais a cantora estrelará. “Para contratar shows, a Paula precisa de meses de antecedência. Entramos na justiça para conseguirmos negociar shows posteriores a esta data, mas enquanto ainda está na agência do Leonardo”, informou o advogado. Ou seja, Paula Fernandes quer que sua empresa também esteja apta a contratar shows enquanto o contrato não vencer, já que a Talismã tem exclusividade sobre ela.
Apesar do desligamento da agência, Dr. José de Araujo garante que a amizade entre Paula e Leonardo continua a mesma. “Eles têm uma boa relação. Ela não está saindo brigada com o Leonardo. Ela simplesmente abriu uma empresa que vai passar a representá-la a partir do dia 12 de novembro. Ela tem muito respeito pelo Leonardo”, falou.
Ainda de acordo com o advogado, Paula continua cumprindo todas as cláusulas do contrato, inclusive a de pagar 30% de todos os shows. A assessora de imprensa da Talismã, no entanto, afirma que “ainda não foi notificada”.
Leonardo perdeu o contrato com Paula, mas conseguiu a sociedade de Cristiano Araújo na agência.
Confira abaixo o comunicado à imprensa de Paula Fernandes:
"Paula Fernandes pleiteou na justiça o direito que lhe compete de tomar conhecimento de todas as ações e transações comerciais referentes a sua carreira. O contrato firmado entre a empresa Talismã e a cantora vence no próximo dia 11 de novembro. O pedido judicial se refere a uma gestão compartilhada neste período restante, preservando todos os diretos econômicos da Talismã. As contratações de shows e campanhas publicitárias acontecem com muita antecedência, e sem este direito a cantora seria imensamente prejudicada. Paula Fernandes nutre um enorme respeito e admiração por Leonardo quer manter parceria artística com o cantor, e as decisões referentes a gerência artísticas de sua carreira é uma prática comum, adotada por muitos artistas, inclusive por Leonardo que há alguns anos resolveu ser seu próprio empresário, iniciando a história da Talismã".
As informações são da repórter Juliana Moraes, do iG

O DIA ONLINE 

0 comentários:

Postar um comentário